19 de maio de 2010


Algumas vezes vim aqui, mas fugi....

Chego aqui e as palavras atropelam-me, não lhes tomo o gosto... apenas lhes sinto a dor...
Tenho tantas saudades de escrever, sinto mais falta de o fazer, que de respirar...

Mas ... não consigo...

Tudo o que quero escrever, expressa um amor que não posso mais expressar...

Abre-me a ferida, que vou camuflando, sem que ainda a tenha conseguido sarar...

Recorda-me um sorriso dobrado, que me foi arrancado...
Atiça-me o fogo que moi baixinho, doendo devagarinho, e que vou conseguindo em controlar.
Aviva-me o herói que perdi, e o fantasma que ganhei....

Que me enlaça o corpo, e me aprisiona a alma...

E numa dimensão diferente...acompanha-me e persegue-me por todo o lado.

Mas que na realidade, não existe mais...

E a única certeza que me traz vir aqui... é que para meu bem... preciso deixar de o amar...

16 comentários:

Angel in the dark disse...

Se de herói se transformou em fantasma o melhor é mesmo esquecer!

Beijo
Angel

A Palavra Mágica disse...

Lita,

"Saber amar é saber deixar alguém te amar."

Quantas portas estão entreabertas esperando que você dê um passo?

Beijos!
Alcides

Moonlight disse...

Minha linda e querida amiga Lita,

Realmente muitas vezes somos atropeladas pelas palavras que rondam o nosso pensamento e quando queremos deita-las cá para fora,como são tantas atropelam-se umas ás outras.
Entendo-te minha querida.
Mas como sempre é bom ler as tuas palavras e poder nestes singelos comentarios dizer-te que por muito forte que seja o amor fantasma se nós quisermos conseguimos matá-lo!
Mas tem que ser nosso o primeiro passo,depois o tempo vai passando e ajuda a suavizar a dor e deixa que outra porta se abra pronta a receber um verdadeiro heroi em pleno para te dedicar suavemente algo amoroso.
Um dia feliz para ti minha amiga e para tua querida Matilde.
Sorri!!!

Bjinhos nosso cheios de luares e muita ternura

sonho disse...

Como esquecer alguem que desejamos...tarefa dificil...será que fugir resolve!?...deixa passar o tempo...só ele pode ajudar...a atenuar a dor que sentes...
Beijo d'anjo

Secreta disse...

Escrever é libertar-nos , libertar os sentimentos, sejam bons ou maus....
Beijito.

Luz disse...

Querida Lita,
Quando essa certeza nos toma o pensamento, quando sentimos que o caminho a seguir tem de ser outro..., que fazer..., parecem não restar muitas dúvidas, temos de fazer opções, tomar decisões por mais que nos custe e, até fique cá dentro alguma sequela...

Como sempre gostei de ler-te.
Tens um selo para ti num dos meus espaços, no http://asamdepe.blogspot.com/, é só pegar se quiseres.

Bjo da Luz

Ze luis disse...

Olá,
São estes tipo de textos que adoro ler, escreves bem, demonstras os teus sentimentos de forma nua, sensível, noutras um pouco mais de raiva.
Porém isto é o verdadeiro sentido da escrita, expressar, fazer as pessoas que lêem o que escrevemos navegar pelos mesmos mares que nós, faze-las viajar pelo ventos que nós comandamos.

Pena o teu blog demonstrar em demasia amargura e dor, porque de resto está muito bem conseguido.
Sei que é uma forma de desabafo, mas experimenta escrever o que de mais belo tens na tua mente, acredita que faz bem melhor.
Muitos parabéns,
Para breve tenho uma proposta para lhe fazer....

Com os melhores cumprimentos

José Conceição

PS: lendo o seu blog fiquei um pouco envergonhado, não pelo simples facto de da minha escrita ser má ou lá o que seja, mas sim porque despertei a curiosidade de uma pessoa que escreve tão bem ou melhor que eu.

Geraldo Brito (Dado) disse...

Poético.
Saudações e parabéns pelo blog!

maybe disse...

I'm appreciate your writing skill.Please keep on working hard.^^

ઇઉ Nargela Bueno ઇઉ disse...

oi gostei bastante do texto viu,muito interessante.estou te seguindo viu,se puder me seguir tbm ou fazer uma visita ficaria grata bj

Josi disse...

¡Hola buenas!

Acabo de ver tu blog y para mi es interesante y tengo que felicitarte, te animo.

Mi blog es: http://sordobierzo.blogspot.com/

Muchas gracias.

Un saludo

ઇઉ Nargela Bueno ઇઉ disse...

obrigada pela visita e pelo comentario no meu blog viu amore.

aqui também eu gostei muito das coisas escritas.vou te seguir tah bom

continue assim bj

cris belier disse...

"Gastei uma hora pensando num verso
que a pena não quer escrever.
No entanto ele está cá dentro
inquieto, vivo.
Ele está cá dentro
e não quer sair.
Mas a poesia deste momento
inunda minha vida inteira.
(Carlos Durmmond de Andrade)

Carpe diem!

Marisa Ferreira disse...

O amor é complicado... se ele vale a pena, luta com todas as tuas forças, se não, não te preocupes que o tempo cura tudo, só tens que saber esperar. =)

http://lazer-e-bem-estar.blogspot.com/

Kin disse...

Menina, estava a chorar ao observar meu blogzinho quando resolvi apertar o botãozinho "próximo blog" para ver se aquele gesto aleatório me traria alguma luz, e o que ele me trouxe foi mais uma lágrima!

Liver. disse...

este texto fez-me , definitivamente, deixar cair uma lagrima. identifico-me*
boa sorte.