2 de setembro de 2009




Tudo é dissonante.



Sinto-me alienada do mundo.




Quero acreditar que pura e simplesmente talvez esteja no local errado, com as pessoas erradas.




Continuo a acreditar nos meus princípios, talvez até já tenha quebrado demasiadas "regras", que eu mesma condene e não me imaginasses a fazê-lo também, isso é certo, mas mesmo assim tenho os meus ideais e princípios marcados em mim de forma indissociável, nem me vejo seguir outro rumo senão com eles como parte integrante da minha pessoa.




Sinto receio de que me inflamem, com a maldade que sinto ao meu redor.




Assusta-me ficar descrente, entristece-me ver o vazio de valores e sentimentos nos que me rodeiam, e temo cada vez mais ser para sempre uma eterna inconformada.




Eu continuo com um mapa no coração pelo qual me guio, com a recta do respeito, o recanto do afecto, a estrada da lealdade, a paragem da sinceridade, a curva da generosidade, a encruzilhada da compreensão com a gratidão, a ponte da humildade, o posto de abastecimento da compaixão, e a meta de um grande amor sincero...




Quero me abstrair da maldade que me persegue, quero seguir o meu mapa, e assim vou continuar enquanto o meu coração o segurar com esta garra que me impulsiona os dias...chamada de sede de viver!




5 comentários:

Moonlight disse...

Minha linda e amiga Lita,

Quanta maldade existe no mundo e á nossa volta!
Sei bem ao que te referes....para essas pessoas o pior que podemos fazer é continuar vivendo com nossa maneira de ser e nossas convicções....nunca abandonado os nossos principios e nunca deixando de seguires esse mapa que te conduz a tudo o que desejas com sede de viver.
Força minha querida!
Sempre com a cabeça erguida!

Um bjinho cheio de luar

Secreta disse...

É a mais forte e importante das garras que nos impulsiona...

rui disse...

Em primeiro lugar Lita.......
Parabens..pelo excelente blog
tem Tudo de belo dentro dele
quando entrei....fiquei de olhos arregalados....quem nao gosta de blogs bonitos.....O teu é bonito

Me desculpa dizer agora..que me pareces uma pessoa triste..
Sabes vou-te contar um segredo..
Näo gosto de ver ninguem triste..

Tambem posso estar enganado...
e Deus queira que esteja.......

te adicionei..... para voltar com mais tempo....e sei que vou voltar
o cheiro do teu blog... chama por mim.

boa semana e obrigada pelo teu comentario....
um beijo
Rui

Vento disse...

Dentro de ti não conseguem tocar, constrói uma barreira onde só entra quem queres.

Beijo

Secreta disse...

Passei para te visitar.