22 de setembro de 2009

Tu que me lês.... é para ti!

Exitei mil vezes, antes de aqui escrever!
Por saber que não vou escrever, sobre o que usualmente escrevo aqui!
E não queria misturar temas!
Mas sou, do, e pelo coração, sigo-o demasiadas vezes talvez, mas não sei viver de outra forma, por isso..... "Tu" ... este texto, é para ti!!

Vou começar por dizer-te, que este meu recanto não é deprimente, não escrevo assim porque me esqueci de tomar os comprimidos, como me disseste, e não tenho a mínima tendência suicida, logo, não me vou atirar da ponte.
Sabes que ouvir isto.... é que verdadeiramente me custou, não foi me leres sem eu saber, no fundo eu desconfiava por alguns comentários que tecias, queria acreditar que não o fazias, se tu mesmo o dizias, eu não tinha pelo que não acreditar.
Mas isso honestamente, não me afectou, já que me o disseste agora, a tua veracidade amenizou, o resto.
Entristeceu-me como é lógico, mas não me afectou como talvez o imagines.
Agora as tuas palavras...isso sim... custou-me.

Sabes, sou muito bem disposta, sou um porto seguro , uma gargalhada constante, e um sorriso aberto.
Mas este blogue é a minha noite!
É a noite onde não durmo, porque estou só!
É a noite onde choro, porque muitas vezes sinto saudades, e mágoas!
É quando sinto saudades de ser filha, e não suporto o pânico de não saber ser uma boa mãe!
É a noite onde não suporto o silêncio que grita nos meus ouvidos , e me enlouquece, porque por dentro sou vida, mas por fora não há nada!
É noite onde a escuridão, alimenta os meus medos!
Que revela os meus segredos, e me faz ficar apática!
Sabes quando tudo o que és, e sentes, e fazes, se apaga e só fica o escuro e o silêncio?
Não queiras saber, é exclusivamente por saber, que aqui escrevo.
Por viver uma vida contrariada, por me sentir a perder princípios, por me ver a virar costas a mim mesma, e por isso...escrevo aqui!
Bem sei que é uma situação temporária, mas enquanto dura, doí-me, corrói-me, corrompe-me, cega-me e leva-me a vir aqui, falar da minha noite, para que enquanto a tiver que viver, pelo menos a possa amenizar.
Não sou depressiva, nem amante das minhas dores!
Quero sim eliminá-las de mim, e sei que temporariamente as tenho que saber gerir, até lá fiz um blog com nome de fado..." só por uma lágrima tua"...., para expor o meu fado, o meu lado "negro"...
O lado que escrevo, porque de qualquer colo que receba, aproveito o carinho, não aproveito para desabafos.
Não sou de desabafos, sou de partilhar histórias, e segredos, e distribuir sorrisos.
As lágrimas deixo-as só para mim, neste canto, onde repito incessantemente, o meu discurso, mudando apenas, as palavras ....como Tu disses-te, mas plenamente consciente, que não faz mal, aqui não preciso falar bonito, preciso de me lavar com o que choro, e me alimentar com o que escrevo, para que a minha alma não fique negra como infelizmente são as minhas noites.
Tu...que me lês, tens aberto um brilho nas minhas noites, a frequência com que aqui escrevo, nem se pode comparar ao que já foi, porque me tens levado a sorrir ...e muito ...noutros textos, bem mais felizes, bem mais especiais.
Talvez por isso mesmo me tenha entristecido tanto, ouvir os teus comentários, a este meu lado.
Que infelizmente não gosto de o ter, porque não sou assim, que é uma situação temporária, mas que enquanto existe, e mesmo que seja só nas minhas noites, por muito que me repita e me deprima, e mesmo que não o compreendas, só o faço porque são os meus desatinos, em forma de desabafo, são os meus gritos mudos, que me fazem bem!

4 comentários:

Moonlight disse...

Lita minha querida,

Que bom saber de ti.
Teu desabafo hoje foi lindo de se ler.
Têm pessoas que não sabem destinguir um momento triste, de uma vida decpcionante não é amiga?Para essas pessoas, pouco preceptivas,tudo é igual....Dahhhhhhhhh!
Não somos assim...temos maravilhosas coisas para sermos felizes e não deprimentes!
Uma delas a maior motivação as nossas filhas!E depois porque somos como tu dizes um porto seguro,uma gargalhada constante,um sorriso aberto e uma disposição sem igual.
Entendo-te Lita...mas nem todos assim o são.Entendes?
Fica bem,tinha saudades de ti.

Bjinho cheio de luar

A Palavra Mágica disse...

Lita,

Nesta noite escura chora o que tens para chorar, porque o sol já vai chegar e ele te quer ver a gargalhar.

Beijos!
Alcides

Transcendente disse...

Infelizmente há muita gente que não percebe e pior, não aceita, quando as pessoas têm um lado mais sombrio e acabem por se tentar libertar na escrita e partilhando isso num recanto da internet.
Essa falta de compreensão ainda doi mais, quando vem de alguém próximo...

Secreta disse...

Palavras de desabafo , de um certo esclarecimento à verdade.
É preciso sem uma pessoa muito forte , para falar assim abertamente.
Um beijito.