1 de julho de 2009


Parei para me ver , para me olhar nos olhos, me sentir e me admitir!
Á quanto tempo não o faço?
Nem sei, os tempos mudam, tal como as vontades e as certezas, e sem reparar , ou em verdade, sem querer notar, sei lá á quanto tempo não me lembrava de mim!
Senti-me angustiada com o que vi.
Reparei como estava adormecida, que sempre aqui estive, mas que vivi presa em mim!
Não me ausentei para lado algum, mas perdi pedaços de vida ao tentar me anular!
Escondi o meu coração atrás da minha alma, para que não me atraiçoa-se por um segundo, e não mostra-se aos meus olhos, aquilo porque todo este tempo lutei por esconder!
Num beco da minha memória, escondi os meus desejos, continuam a existir demasiados becos sem saída em mim, negros como a noite, que me apavoram e me fazem fugir, por esta escuridão me amedrontar tanto, aqui foi seguro guardá-los, sabia que a tentação nunca seria maior que o medo e assim não voltaria atrás, e não me perdia!
No entanto fiquei sozinha e vazia, vagueando por ruas desertas durante todo este tempo.
Evitei mudanças bruscas e novas oportunidades, durante tempos que agora me parecem infinitos, mas por receio de esbarrar num dos meus becos , e que mesmo fugindo da escuridão trouxesse algum pedaço de mim que tanto quis esconder e não sentir.
Agora que me tento ver, que me quero admitir, vêm á toa um turbilhão de sentimentos, como se estivessem estado presos tanto tempo, mas sempre alerta e agora que espreitei por uma fresta, me empurraram , me atropelaram, me cilindraram e se fizeram ouvir!
Ganharam vontade própria, soltaram os desejos dos becos, acharam o coração lá atrás e voltaram a colocá-lo no sítio certo, recusando que os tente voltar a fechar!
Fazendo-me sentir o pulsar e aprisionando-me agora a razão ou o discernimento!
Voltaram com tudo o que esteve sempre lá, e eu não quis ver, voltaram sem pedir e invadiram os meus sentidos, voltaram para que me possa ver de um modo diferente...com um sorriso talvez!

4 comentários:

Transcendente disse...

Apesar de tudo vale a pena sentir :)

A Palavra Mágica disse...

Lita,

O sorriso é contagiante.

Sorria para os seus fantasmas e eles te sorrirão de volta.

Então não terás medo de pedires licença a eles quando queseres ver o Sol.

Beijos!
Alcides

Secreta disse...

Uma reflexão sobre ti mesma...um olhar para dentro tantas vezes necessário e por vezes não conseguido.
Beijito.

Mél disse...

Apesar de todas as dificuldades é mais fácil enfrentá-las com um sorriso que com uma lágrima, embora seja muito difícil e por vezes pareça mesmo impossível.
bjs*****