17 de junho de 2009



As linhas e montes da palma da mão, são como mapas individuais, que guardam nossos actos e características desde que nascemos e nos indicam caminhos futuros.
Eu em algum lado quis seguir apenas uma , alcatroei-a, e quis levá-la a direito, mas foi-se abatendo e abrindo a meus pés.
Fui então alternando, e me escapulindo, ora com remendos, ora com pequenas pontes que tentei erguer como remedeio, para alcançar outra linha e iniciar um arruamento mais firme e mais coeso que me leva-se segura , que não desmorona-se e me deixa-se no meio do nada.
Mas a cada linha que recomecei e em cada direcção que tomei, foi inevitável não esbarrar nos cruzamentos que criei.
Misturei todas as linhas da palma da minha mão, confundi o meu destino, e possivelmente deitei fora a minha sorte.
Agora resta-me apelar aos montes.
Que o monte da lua me dê a clarividência, que o de Marte me encha de coragem, o de Mercúrio me conceda a agilidade mental, e que Apolo me traga sucesso, e fantasia!
Que o Monte de Saturno me salpique com a pitada certa de indiferença, no monte de Júpiter eu reforce a minha fé, e volte a encontrar a ambição, e que Vénus me revele o verdadeiro Amor.

5 comentários:

martinha disse...

A vida é repleta de linhas que se cruzam entre si... No entanto são nestas linhas que devemos entender o sentido da vida aprendendo assim a viver.

fica bem
martinha

A Palavra Mágica disse...

Lita,

No meu aniversário postei um poema que diz:

"Escrevo certo em linhas tortas
E nas linhas que se cruzam
Sou torturado"

Essas linhas são assim mesmo.

Quanto aos montes, costumamos dizer aqui no Brasil que "se Maomé não vai à montanha, a montanha vai à Maomé".

O monte de Vênus revela o verdadeiro amor, mas para isso é preciso sim a ajuda de Marte, na luta contra os nossos fantasmas.

Beijos!
Alcides

Moonlight disse...

Minha amiga,
Deixamos-nos perder nos cruzamentos criados por nós propios na nossa vida e o mais dificil é depois encontramos o caminho certo de regresso a casa...
Já te tinha lido mas não deu tempo pra te responder.
Não pense que estou desatenta ás tuas sentidas palavras e lindas e magnificas como sempre.
Em relação ao seu comentário sobre mim,minha amiga,voce acertou em cheio nas suas palavras aqui a Moonlight é mesmo uma caixinha de supresas como todos me dizem...quando menos esperam sai algo daqui...
Fiquei maravilhada em saber que tambem tem como pratica o sorriso em si.Tenho a certeza que ao sermos assim nos alivia o espirito...apesar de ás vezes isso se tornar pesado para nós...
Ops!!!Lá estou eu a flutuar!!!!!!!!!!!

Bjinhos cheios de luar ,minha querida,que encontres tudo aquilo que tanto anseias

Ana S. disse...

uau! muito giro o texto
As linhas da nossa vida por mais tortas que pareçam, acabam sempre no sitio certo :)
Beijinhos

Secreta disse...

Nós podemos confundir o nosso destino , baralha-lo , mas o que tiver de ser será!
Beijito.