3 de junho de 2009


Reneguei-me durante demasiado tempo, escondi a minha essência e o meu ser, por tempos que agora com algum discernimento os posso ver como infinitos.
Sucumbi aos meus subúrbios para que me enclausura-se e fica-se discretamente desconectada do mundo.
Escondi-me amedrontada com as falsidades que percebi, e as verdades que não vi.
Afundei-me em mim.
Quero agora emergir, mas o fôlego não chega.
O escuro apavora-me e tenho pressa em sair, quero ver a luz, anseio pelo dia e rejeito continuar nesta noite.
Mas já não sei o que me espera lá fora.
Lá fora não vai haver o consolo e o colo que busco, porque deixei fugir os dias ,não acreditei em segundas opiniões ou tentativas, e perdi a esperança.
Lá fora não há amor ou paixão, porque sequei nos dias, afogada em mentiras e subjuguei-me a esta clausura onde o amor é sonho e imaginação, e como sonhei com ele todos os dias ,com o amor incondicional, mas recalquei-o e cauterizei-me, porque me cansei de o dar ,de agradar, de entregar, de aceitar...sem nunca pedir, sem nunca cobrar,e sem nunca o receber, nesta realidade agora eu não o dou, nem o sei aceitar, porque nele já não acredito.
Anseio por uma mão... pela mão de amparo... para me puxar destas escadas, com pulso firme para não me deixar cair, para não me deixar recuar e novamente sucumbir,para me encaminhar e acompanhar, para me afagar e me fazer acreditar, mas estou gélida e séptica, pelas mágoas que me aprisionaram, as mentiras que me oprimiram, as tristezas que me secaram e os medos que me aterrorizam.
Estou inconformada.... mais comigo do que com o mundo, mas descrente.... mais com o mundo do que comigo.

8 comentários:

A Palavra Mágica disse...

Lita,

"Toda dor vem do desejo de não sentirmos dor"

"Tudo é uma questão de manter
A mente quieta, a espinha ereta
E o coração tranquilo"

Um beijo!
Alcides

susana disse...

Quando nos sentimos assim é dificil pensar que vamos conseguir,falta-nos a força, a vontade de querer...
Mas se acreditar-mos vamos concerteza conseguir, acreditar traz-nos força...

Beijo de um anjo

Secreta disse...

Hás-de conseguir dar a volta por cima! Acredita!
Beijito.

Moonlight disse...

Minha amiga...
Lita...li e reli tuas palavras...e...meus olhos se encheram...
Tenho uma coisa que te posso dizer apesar de não te puder contar que se passa comigo minha querida...
Nunca esperes que alguem te venha dár a mão,te venha salvar desse teu sentimento,te resgatar...somos nós que o temos que fazer sosinhas e com garra.
Seria bem mais facil se alguem tomasse essa decisão por nós...mas não será assim nunca...somos apenas nós...
E assim deixamos-nos ficar...inertes(como digo)mas só até um DIA!!!Tenho essa certeza...
Não desesperes...aceita...é tão mais facil,vais ver...
Tudo tem seu tempo!

Um bjinho cheio de carinho e cheio de luar para iluminar tuas noites...

Moonlight disse...

às vezes tenho a sensação que apesar de aqui podermos estar perto,na realidade devemos ser tão proximas uma da outra...até no espaço terreno, que nos separa...

Um bj

Nobita disse...

...è um privilégio e uma honra para mim finalmente ter encontrado este blog, um porto de abrigo, fora do tempo e do espaço, gosto do que escreves...relembra-me palavras de outrora ditas pela minha alma...

Apenas um Beijo

Chris disse...

Gostei deste seu espaço, que desconhecia... Parabéns
bj
Chris

Transcendente disse...

''Não perdi a fé em Deus, mas perdi a fé nas pessoas''