17 de abril de 2009




Visão de fracasso e cheiro a medo no ar
Alma, seca e vazia
Deixa-me a vaguear,
Deambulando fria,
Sem rumo, sem rota, sem ar!

2 comentários:

Mél disse...

Até dói lêr-te, ninguém deveria sentir-se assim. Mas dói, porque também me sinto assim.
Um beijo com força.*****

Moonlight disse...

Minha querida...

Inteoriza...nós nunca fracassamos...as coisas ou pessoas,é que não foram suficientemente fortes para nós!
Este tinha-me passado quando comentei o outro!!!

um bjinho cheio de luar