21 de abril de 2008

Fui me embalando


Eu falei baixinho

Para ninguem ouvir

As palavras foram com o vento,

Eu fui me embalando

E os segredos

Foram se revelando,


Eu chorei Baixinho

Para não me ouvir

Não fosse o meu coração saber,

Que eu vou me embalando,

Para não sentir a dor que tenho por te não ter.

2 comentários:

Luz disse...

Parece que hoje em dia todos nos vamos embalando para esquecer as tristezas da vida e fugir do que sabemos nao poder fugir por muito tempo...da realidade. Força amiga estou aqui para ti! Um beijinho

Secreta disse...

Por muito que tentemos , não conseguimos esconder nada ao nosso coração.