22 de março de 2011


Já escrevi... tanto!

Mas talvez tenha escrito, menos palavras,

do que as lágrimas que já deitei por ti!

E o pior...

É que as palavras se foram...

E as lágrimas ficaram!

Que faço eu agora, se levaste tanto de mim,

E me deixaste tão pouco de ti...

Deixaste-me um livro de memórias,

que agora não consigo escrever!

Deixas-te-me uma ferida aberta,

que nem com a minha tinta a posso cuidar!

Tomaste o meu melhor sorriso,

e para mim ficou o teu usado e cansaço!

Levaste-me a frescura da primavera,

e enclausuraste-me neste inverno rigoroso!

E sem hipótese de fuga...

Porque a saída era nas letras...

E essas escondeste mesmo de mim!


13 comentários:

Rô... disse...

oi Lita,
boa noite...

lindo texto...
reflete no entanto um sentimento que a muito desconheço...
mas sei que é verdade e realidade de muitos...

uma doce noite
beijinhos

Secreta disse...

Renencontra-te nas ... nas palavras, nos sentires. Deixa que as lágrimas rolem até se esgotarem. Depois, reencontra-te e faz com que volte a ti a Primavera!
Beijito.

Moonlight disse...

Minha querida amiga,

Deita para fora aquilo que te vai na alma,se as palavras escritas desanuviam o que nos corroi escreve,escreve muito e que sintas leveza em teu coração.
Sabes que estou aqui deste lado sempre pronta para te escutar com o coração.
Tenho um presentinho lá no Moonlight para ti,minha querida.

Bjinhos para as duas princesas lindas.

A Palavra Mágica disse...

Lita,

As palavras, mesmo as silenciosas, não nos abandonam nunca.

Secreta disse...

Venho deixar-te um beijito.

Impossible-not-fall disse...

Que a tua primavera volte novamente com imensos raios de sol!!

Belíssimas palavras....

Beijo

Secreta disse...

Espero que tudo esteja bem contigo.

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Quem parte deixa sempre duas
dores:
A saudade,
de tudo o que foi vivido.
O desejo
de tudo o que poderia
ser vivido...

Que haja em ti sempre sonhos
por sonhar.

Pena Serena disse...

Porque tantos anos passam, mas a nossa dor é a mesma, o nosso amor também....estaremos condenadas a amar quem não nos ama, quem não nos dá uma sopro de carinho que tanto desejamos? apenas pedimos para amar e sermos amadas....

Laryssa Cabral disse...

Oii tem um selinho pra vc no meu blog

Passa lá ;*

http://planetgirl-s.blogspot.com.

Pena Serena disse...

meu amor....é uma pequena que continues a deitar lágrimas por alguém que não tem noção da magnífica mulher que tem ao seu lado. Mas a verdade é que por mais que saibamos, por mais que vejamos como é a realidade; não controlamos os nossos sentimentos. Mas há uma coisa que podemos controlar, a nossa força...e eu sei que tens muita dentro de ti! usa-a e continua fiel a ser única e especial. beijo

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Quando as lágrimas
nos habitam,
é porque o que foi vivido,
apesar da dor,
valeu a pena...

Vida plena em teus dias.

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Hoje minha visita é para agradecer
o presente que é para mim
a sua amizade,
e também desejar
um maravilhoso Natal,
onde possas encontrar nestes dias
ainda mais inspiração
para a alegria de ser feliz,
e para o milagre de fazer
quem passa por tua vida feliz.

Que o teu olhar seja a mais perfeita
luz do Natal a enfeitar o mundo.