16 de janeiro de 2010


Precisava que estivesses aqui... agora!

Precisava que levasses para bem longe, esta nuvem que paira sobre mim!

Nem precisava da tua voz... apenas do teu colo!

O teu abraço, seria um ponto final ao meu desassossego.

E as tuas mãos doces, um embalo ao meu sono!

14 comentários:

A Palavra Mágica disse...

Lita,

Mesmo que pessoas queridas morem em outros planos, nós nunca estamos sós.

Beijs!
Alcides

Moonlight disse...

Minha amiga e querida Lita,

Mesmo aqui de longe te ofereço uma palavra de conforto,um abraço amigo,um beijinho especial e um sopro forte para que essa nuvem desapareca depressa desse teu ceu...bem sei minha querida que não será o mesmo que esse colo que desejarias...mas sabes que ele estará sempre presente e contigo.
Amiga recebe este carinho e partilha-o com tua filhota.

Bjinhos nossos cheios de calor e amizade para voces as duas.

P.S.Amanha quero-te melhor!!!!!!!!!!!!!!

Me permita disse...

Olá, minha amiga!

O amor não tem padrões, formas, nem tempo... ele toma o formato e a intensidade de quem vê, de quem sente... Que bom estar de volta e poder compartilhar um pouco dessa, entre muitas, formas de amar sua, que transcede em palavras, que ao lê-las, podemos senti-la um pouco!

Beijo do lado de cá do oceano! Feliz domingo!

rui disse...

Lita..a nessecidade que em alguns momentos sentimos de alguem ..leva-nos a escrever estes generos de textos..sinto-te triste e pareceu-me que esse colo que nessecitavas seria do teu Pai..pode nao ser mas tinha que incaminhar o texto para algum lado e tentar sentir aqui no fundo do coracao o Teu sentir...
Eu poderia escrever isso para o MEU PAI se o tivesse já perdido.

E agora o meu obbrigada pelo teu comentário..o meu obrigada pela forma que sinto que gostas do que Eu coloco.. e meu obrigada sempre pela tuas visitas
Te desejo tudo bom sempre...
e que todos os caminhos que percorreres te levem ao sucesso.
Um beijo e fica bem..(Um carinho..
Anima-te)

Vento disse...

Às vezes um abraço conforta tanto, mas tanto...

beijo

Secreta disse...

E a falta que sentimos dessas simples coisas, atormentam a nossa existencia.
Beijito.

Luz disse...

Querida Lita,
Não fiques assim..., ainda que saiba que não seja fácil, também o sei.
Recebe todo o carinho aqui deste lado, um abraço forte e iluminado da alma de Luz.

E não me agradeças nada, o que faço é de coração, é com verdade.

Bjnhs repletos de Luz

Palavras Soltas disse...

Ola espero que o teu 2010 seja com tudo aquilo que mais desejares com mil sorrisos para te acompanharem no teu caminho e os distribuires por aqueles que contam com ele...com amor no coração para partilhares com aqueles que estão ao teu redor...
Ha muito que não vinha ao teu cantinho, esta muito bonito, com sentimento. Parabens..
beijinhos Lita

Moonlight disse...

Querida amiga,

Apenas vim deixar um bjinho nosso a voces as duas,minhas queridas.
Uma noite de paz.

saudade disse...

Quantas vezes os gestos dizem mais que as palavras...
Existem pessoas com esse dom, com um simples gesto mudariam o nosso sofrimento...
Saudade

Sonhadoremfulltime disse...

Olá Lita,
por falta de tempo qinda não tinha permanecido neste mágico espaço em que o bom gosto impera.
As fotos traduzem em letras a cor das palavras.
Quanto ao posto, acho que o silêncio é a melhor palavra para te transmitir.

Bjo

Rita disse...

fiquei fã das tuas palavras porque fazem todo o sentido agora e sempre.

bj

Me permita disse...

Oi, minha querida!

as vzs, tudo o queremos de uma pessoa é um colo, não precisa dzr nada, só um colo.... lindo! Bjo!

Gazetta Revolucionária disse...

Olá Lita, adorei tuas palavras, tua sensibilidade. Tu pões o coração no que escreves. Por favor, não pare, pois à tanto tempo eu estava procurando textos como os seus para ler. Sabe, me identifico muito com tudo que falas, pois eu também me sinto dessa forma. Muitas vezes, mesmo perto de outras pessoas, sinto-me só. Lendo seus escritos, mesmo que distante de ti, pelo tempo e pelo espaço - pois tenho 62 anos e tu és jovem, estou no Brasil e tu em Portugal - mesmo assim sinto-me tão próximo de ti quando leio tuas palavras. Por favor, não pare de escrever; desejo que esta fonte inesgotável de emoção continue a alentar minha vida. Agora que a encontrei, mesmo que nunca a veja, mas lendo o que escreves estarei feliz. Não acreditava que poderia existir alguém como tu.
Abraços fraternos
Laercio Penafiel Pires
laercioppires@ig.com.br