5 de março de 2009

Só um segundo...


Aqui sozinha na noite,aninhada na minha almofada, no silêncio,fixei o olhar nos ponteiros do relógio e deixei me levar pelo tic e pelo tac, e reparei como é tranquilo o passar das horas, como os ponteiros das horas têm um relacionamento lindo, como se deixam embalar tranquilos, porque nunca estão sós, sabem que a cada sessenta segundos, encontram um ponteiro amigo, que em cada sessenta minutos marcam menos uma hora para se encontrarem de novo, e que duas vezes ao dia, durante sessenta segundos ficam melosamente juntos, num momento curto mas discreto, sereno, calmo, porque para sempre vai ser assim, não muda nada, nem por um segundo a mais vale a pena correr, e nem por um segundo a menos vão sofrer por não se ter,de igual para igual, nenhum deles irá ser diferente, pois o tempo tem tanto tempo, quanto tempo, o tempo tem.
Por isso para sempre vão marcar as horas e contar doze!Para se terem um segundo!

3 comentários:

Secreta disse...

Um segundo é vida!
Beijito :)

Moonlight disse...

...e num segundo do tic-tac desse relogio,tudo nasce,tudo morre,tudo se perda,tudo se ganha....tudo se transforma...........

Bjito:)

Mél disse...

Ando com poucas palavras, mas este texto está genial...
Prendinha no meu blog.
Beijinhos*****