30 de janeiro de 2009

Quando eu me amei


Porque te espero?
Porque te lembro?
Porque te desejo?
Porque não me amo!!!!!
Se gosta-se de mim,não me sujeitava!
Quando gostava de mim, olhava nos olhos e lia-os de fio a pavio, não os baixava como agora , com medo que leiam os meus segredos, ou percebam a minha dor!
Quando gostava de mim ganhava pela ousadia, pela perspicácia, e pelo mistério do meu olhar, hoje perco pela cobardia de não querer ver e muito menos ser vista.
Quando gostava de mim, chegava a algum sítio e era eu, hoje tento não chegar a lado nenhum, porque não quero ser vista.
Quando gostava de mim respirava mais fluidamente, não necessitava de suspirar de hora a hora para libertar, o peso que tenho no peito, o peso de quem respira sempre de forma contida, em agonia, em ânsia.
Quando gostava de mim, não admitia pedir para ser amada, porque para além de ti, eu também me amava,e isso fazia-me feliz!

3 comentários:

Mél disse...

Há uma coisa k me disseram uma vez "Como te posso amar devidamente, se tu n te amas a ti própria, cm te posso amar, se nem tu sabes cm te devo amar, será k podes gostar um bocadinho de ti cm eu amo? Estou cansado de amar o teu vazio."
De certa forma tem razão... Mas o problema k se levanta aki é k, nós colocamos o nosso amor à frente de td e ficamos em último lugar, queremos ser perfeitas para essa pessoa e acabamos por nos odiar, pk axamos k nca chegamos para ela.
Espero k encontres o teu caminho...
Beijinhos*****

Secreta disse...

Para sabermos diexar que nos amem , temos de primeiro amar-nos a nós próprios.
Beijito.

₱ӘĐя๑ disse...

ola'!

passe pelo meu blog!

e' para ti!!