10 de dezembro de 2008

Vento...


Escuta.... ouves???
É este som!!! Ouve!!
É o vento nas portadas, nas janelas, na chaminé da lareira....está revoltado, doido!
Parece que quer a qualquer preço entrar! Está á horas assim!
O som já tomou conta dos meus sentidos, e eu pareço uma criança amedrontada!
Faz com que pare!
Diz-lhe que me deixe só! Eu e os meus pensamentos, os meus sonhos, os meus medos!
Achas que ele está a ralhar comigo?
Ou será que sente a minha revolta, a minha fúria,e se alimenta desses meus mais negros sentimentos e fica sedento de mais, fica soprando e soprando, rodopiando e dançando doido e sem norte, á minha volta, á espera de mais e mais , instigando mais e mais de tudo o que de mau e assombroso me assola a alma,e satisfaça a sua gula, a sua luxúria, e rodopia e assobia, e bate em todos os cantos tenta todas as frestas só para que se sacie e se encha de prazer com a minha dor?!

1 comentários:

Mél disse...

Gostei mt do teu texto. Tenho um certo gosto pelas forças da natureza, principalmente o vento.

" É este som!!! Ouve!!
É o vento nas portadas, nas janelas, na chaminé da lareira....está revoltado, doido!...
Ou será que sente a minha revolta, a minha fúria,e se alimenta desses meus mais negros sentimentos e fica sedento de mais, fica soprando e soprando, rodopiando e dançando doido e sem norte, á minha volta, á espera de mais e mais, instigando mais e mais de tudo o que de mau e assombroso me assola a alma,e satisfaça a sua gula, a sua luxúria, e rodopia e assobia..."

As minhas partes favoritas.
*****