6 de maio de 2008

Talvez


Gostava que me telefonasses, marcasses encontro comigo, me passasses os dedos pelo cabelo, beijasses de leve os meus lábio, me olhasses nos olhos abertos de espanto e de satisfação
por tudo isto, e por isso escrevi isto, para que (talvez) o escutasses, para que (talvez) acontecesse.... talvez resulta-se!

0 comentários: